A primeira vez na Disney (ou Orlando), a gente nunca esquece.

É o sonho de muita gente chegar à Disney e conhecer seus parques, brinquedos, personagens famosos e os bons lugares para comer. Além das fotos em todos os lugares possíveis.

Se você está lendo este conteúdo, parabéns! Você deu o primeiro passo e está mais próximo do que pensa de sua viagem.

A partir de agora, vamos te mostrar como chegar à Disney e curtir ao máximo toda a região e tudo o que ela tem a oferecer, sem cair nas típicas pegadinhas de turistas, assim como nas amarras de viajar para Orlando pela primeira vez.

É comum ter medo, ansiedade e até mesmo insônia com a aproximação de seu sonho se realizando, mas fique calmo.

Vamos te dar o passo a passo a partir de agora.

11 Dicas para Sua Primeira Vez na Disney

Separamos alguns dos principais tópicos relacionados às dúvidas comuns dos viajantes de primeira viagem.

Existem outras boas fontes de informação que você pode conferir aqui, para aprimorar ainda mais o seu conhecimento.

1. A realização de um sonho começa no planejamento de sua viagem

A possibilidade de ir à Disney surgiu e você a agarrou, aproveitando que suas férias estão chegando e que finalmente vai fazer sua primeira viagem para Orlando.

Primeira coisa que você pensa é o idioma, contudo, ele pode ser uma de suas últimas preocupações.

Isso porque o planejamento de sua viagem é o mais importante para você conseguir aproveitar muito bem o tempo, além de reconhecer o território de Orlando e da própria Disney com calma, antes de chegar lá.

Quanto tempo vai ficar em Orlando? Aonde vai se hospedar? O que você pretende, pode e quer comer? Quais parques quer conhecer? Quanto tempo vai ficar em cada parque? Como se locomoverá pela cidade? Como vai pagar por sua viagem, como as necessidades do dia a dia?

Todas são perguntas pertinentes para você se fazer e responder com calma antes de viajar.

Além disso, suas malas precisam ser feitas com a certeza de que você terá roupas confortáveis e para a temperatura da cidade.

Você sabia que o inverno em Orlando não é tão frio assim, apesar de ser nos Estados Unidos?

Os dias costumam ter médias de 26 °C, o que é quente o suficiente para você não precisar sequer usar calças, e sim bermudas ou vestidos leves.

Já as noites chegam a 10 °C com facilidade.

Detalhes como esses podem tornar sua viagem ainda mais proveitosa, por isso, ao escolher quando vai viajar para Orlando, você precisa ter em mente um roteiro para saber como aproveitar seus dias.

árvore da vida animal kingdom
Créditos: Karl Conrad (Flickr)

2. Não entre em pânico com as informações que precisa saber

Parece muita informação? Não se preocupe!

Todas as dúvidas que você tenha sobre sua viagem, podem ter respostas em algum lugar. Basta pesquisar, como é o que você está fazendo agora.

O segredo deste passo é não entrar em pânico com as informações, que vão parecer muitas, mas é porque são novas.

Você não conhece Orlando e nem a Disney, a não ser por fotos, vídeos e filmes.

Agora chegou a sua vez de participar da história daquele lindo lugar e isso pode causar ansiedade, de início.

Nomes como Magic Kingdom, Epcot, Hollywood Studios, Animal Kingdom, Blizzard Beach e Typhoon Lagoon podem soar genéricos, pois o primeiro pensamento é de que a Disney é um gigantesco e único parque.

Mas, na realidade são 6.

Outro fator comum que causa desespero em muita gente é a quantidade de passaportes para entrar nos parques, mas isso vai depender muito de como e com quem você vai viajar.

Existem passaportes individuais dos parques da Disney. Existem outros tipos, como os combos de determinados parques ou até mesmo os que incluem mais pessoas, como planos familiares.

Conforme você pesquisa sobre cada lugar que quer conhecer, vai se familiarizar com palavras, termos e até mesmo localizações.

Assim, a quantidade de informações se torna cada vez menor justamente porque você está conhecendo os detalhes da Disney e de Orlando.

Super Target
Créditos: Via Tsuji (Flickr)

3. Independente do tempo de sua viagem ele não será suficiente

À medida que você encontrar informações que se tornem úteis aos seus planos de conhecer a Disney, a empolgação pode tomar conta e você vai querer incluir cada vez mais passeios.

É justamente por isso que a sua primeira vez na Disney precisa ser planejada.

Ao criar o roteiro de onde vai em cada dia, você deixará o espaço certo para as improvisações, mas não grande o suficiente para conseguir encaixar novos parques ou todas as atrações que descobrir quando já estiver por lá.

Você não vai conseguir ir em tudo o que gostaria em sua primeira viagem à Disney e isso não é problema.

É comum querer conhecer tudo, mas, para isso, você precisaria ficar pelo menos um mês.

Como o mais comum é que sua viagem dure entre 4 e 15 dias, aproveite o que puder.

É por isso que o planejamento antes de viajar é tão importante, pois ele permite que você se programe para todas as atrações que puder conhecer e, inclusive, para deixar um tempo livre e, desta forma, improvisar quando estiver por lá.

montanha russa

4. Encontre um ritmo próprio para aproveitar os parques ao máximo

Outro fator que muda muito a forma com a qual você aproveitará sua viagem é encontrar um ritmo próprio para aproveitar os parques ao máximo.

Se você estiver sozinho, provavelmente vai conseguir fazer muito mais atividades em menos tempo.

Se estiver acompanhado em uma viagem romântica, o tempo é outro, principalmente para as fotos em casal.

Com crianças, então, ir para a Disney significa ir em menos lugares, mas aproveitá-los em mais tempo. O ritmo é outro e você precisa estar pronto para isso, ou poderá se frustrar ao não conseguir ir em tudo o que gostaria.

O ritmo de sua viagem vai ditar a quantidade de atrações e restaurantes que colocará em seu roteiro. Antes de ir, então, encontre o seu próprio ritmo e monte seus passeios.

É comum ir para a Disney e, na primeira vez, querer andar o mais rápido possível. Contudo, como percebeu até aqui, é o ritmo que você escolher que vai fazer toda a diferença.

preparando mala de viagens

5. Do fazer das malas às melhores roupas: veja como se manter confortável

Como o clima em Orlando é, em boa parte do tempo, quente e úmido, o calor vai tomar conta de seus dias na cidade, o que significa que as suas malas precisam estar de acordo.

Se você pretende ir para a Disney no verão dos Estados Unidos, que abrange o final de junho até o final de setembro, saiba que as temperaturas podem chegar a 39 °C tranquilamente durante o dia.

Organize suas roupas de forma confortável, com tecidos leves e calçados para longas caminhadas.

Contudo, se for no final do ano, na época de Natal ou em janeiro, você encontrará o inverno dos Estados Unidos, mas que em Orlando significa que os dias são quentes o suficiente para você continuar com suas roupas leves e calçados para longas caminhadas.

Já as noites, mais frias, podem te levar a programações especiais, como restaurantes ou até mesmo os fogos de artifício do Magic Kingdom, em comemoração ao Natal, com roupas mais quentes, ainda que as noites continuem úmidas.

Como Orlando fica em cima de um terreno pantanoso, a umidade significa que as temperaturas são exaltadas.

Os dias quentes parecem mais quentes, como no litoral, e as noites frias se tornam frescas com a água por perto.

Volcano Bay visão geral
Créditos: Trevor Aydelotte (Flickr)

6. Não preencha todo o tempo que tiver na Disney

Na hora de montar o roteiro de cada dia de sua viagem, lembre-se de que você vai encontrar atrações e outros lugares da cidade que não viu em sua pesquisa.

Isso é mais comum do que você pensa.

Ao invés de se preparar para cada minuto que estiver por lá, deixe um tempo livre tanto para conhecer lugares diferentes quanto restaurantes.

Uma ótima forma de conhecer novos lugares é pedir indicações.

No hotel, na rua ou nos próprios parques, sempre surge o momento de você conversar rapidamente com outros turistas.

Se surgir, pergunte sobre lugares para comer: esse sempre é um ótimo jeito de começar uma conversa.

apresentação voo do toruk
Créditos: Bossier Press Tribune

7. Faça pequenas celebrações dos grandes momentos para memorizar

Não adianta correr de um lado a outro de Orlando ou da própria Disney. Você precisa celebrar o seu tempo por lá antes que ele acabe.

Além de tirar fotos e fazer vídeos, pare para apreciar o seu entorno e não veja somente pela lente do celular.

Vejas as cores dos parques, o formato das cercas, a forma com a qual os personagens famosos perambulam pelas ruas de lá.

Apreciar esses detalhes vai te criar momentos ainda mais especiais.

Se estiver acompanhado, então, vale a pena tentar mostrar a quem estiver contigo essa forma diferente de enxergar o mundo. Parece um clichê, mas é justamente o contrário.

fastpass da disney
Créditos: BR WDWSeguir (Flickr)

8. Se possível use o Fastpass e chegue cedo nos parques

Uma das formas mais interessantes para conhecer bem os parques da Disney é adquirir um Fastpass, uma forma de evitar as longas filas que se formam conforme o dia passa.

Apesar de você teoricamente cortar as filas, existem outras pessoas que também adquiriram o Fastpass, então se forma uma segunda fila, mesmo que seja menor.

Se quiser aproveitar mais o seu tempo, chegue cedo nos parques, de preferência no horário que ele estiver abrindo.

Os lugares começam a encher mesmo a partir das 10:00 horas, com os picos ocorrendo entre 11:30 e 15:00 horas. Evite esses horários.

resort staybridge
Créditos: Resort Staybridge Suites

9. A sua acomodação vai te ajudar com o ir e vir em Orlando: por isso escolha bem

Com tantas informações a respeito de como os parques de Orlando estão localizados distantes uns dos outros, é fundamental que você saiba onde sua acomodação será.

Se optar por um hotel mais próximo à Disney, sua ida e vinda de um lugar a outro será facilitada pelo tempo menor que precisará.

Se escolher uma hospedagem mais distante, seus horários precisarão ser planejados com mais calma – sair mais cedo da cama e chegar mais tarde também.

Dê preferência, portanto, a hotéis que estejam próximos da Disney (se estiver disposto a pagar mais por isso).

Como os 6 parques ficam em um gigantesco complexo, sua primeira ida a essa cidade mágica poderá ser beneficiada por isso.

É necessário pesquisar bem antes de escolher, pois, existem muitos hotéis (listamos os melhores hotéis de Orlando aqui) e você não precisa cair em nenhuma pegadinha porque a melhor opção é mais próxima da Disney.

Pesquise pela opinião de pessoas que se hospedaram onde você escolheu e encontre fotos que não estejam somente no site do lugar.

Planet Hollywood Observatory
Créditos: Disney Springs

10. Não deixe as refeições para a última hora: pesquise e agende os melhores lugares para o seu perfil

Como notou, é necessário montar o roteiro de cada dia que estiver em Orlando.

O mesmo vale para as suas refeições, as quais você encontra diversas recomendações dos melhores lugares para comer.

Você precisa se concentrar em três refeições principais por dia: café da manhã, almoço e janta.

Além disso, será de grande utilidade se puder lanchar à tarde. Pode parecer que você precisa comer muito, mas é justamente isso.

Não se trata de uma tentativa em te fazer engordar, mas sim de te proporcionar refeições completas e pausadas, porque você vai andar muito por Orlando e precisará de energia para o dia seguinte.

E isso repetidamente durante seus dias por lá.

Agende, se for o caso, os jantares especiais. Se não conseguir fazer isso antes de viajar, ainda poderá ver na recepção de seu hotel se eles podem fazer isso por você.

Se onde estiver hospedado não tiver um bom café da manhã, não hesite em acordar cedo, se arrumar e encontrar um ótimo lugar para comer. Panquecas, omeletes, cafés e sucos não são caros em Orlando.

11. Não entre em desespero com o inglês: você só está em outro país

Chegou a hora que tanta gente treme na primeira vez na Disney: o inglês.

Não se preocupe tanto em ser fluente no idioma, caso não consiga se destravar.

Não é necessário, pois você estará em uma viagem na cidade mais turística do planeta, o que significa que há muita gente ali que não fala sequer uma palavra do idioma.

Se você se preocupa tanto com essa questão, o primeiro passo é começar com as palavras e frases voltadas à educação e gentileza: “Thank you” significa “Obrigado”; “Thank you very much” é “Muito obrigado”.

“Please” significa “Por favor” e “Sorry” indica “Desculpa” por um esbarrão em alguém em um dos parques.

“Excuse me” também é um pedido de desculpas, mas podemos falar que é o do tipo que você pede quando atrapalha alguém, como um “Com licença”.

Aprenda a falar os números, pois quase tudo na cidade é voltado a eles: dos pedidos em restaurantes aos parques e suas atrações.

Se quiser aprender a pronunciar corretamente as palavras que precisará usar, digite-as no Google Tradutor e aperte no símbolo de microfone. Uma voz lhe dirá a pronúncia correta.

Se você não quiser se preocupar tanto, apenas tenha em mãos os documentos corretos, como passaporte com visto, os ingressos que precisará para cada dia e um mapa, seja em mãos ou no celular.

Se precisar pedir informação, esse itens te ajudarão.

Onde Reservar Passeios e Serviços com os Melhores Preços?

Organizando sua viagem para Orlando? Quer economizar na compra de passeios incríveis?

O site Get Your Guide é uma referência mundial, especializado em passeios e experiências – 100% confiável.

Além de oferecer centenas de ingressos diferentes, ele consegue um preço único e abaixo do mercado para que você conhecer os principais passeios.

Para te ajudar, a empresa está com promoções relâmpago e com descontos específicos!

Atenção: se quiser garantir o seu desconto, não demore. A promoção irá terminar em breve.

Clique no botão abaixo e reserve agora uma disputada entrada – sem ter que pegar fila na hora.

Author

Sou apaixonado por turismo e cinema, crítico de cinema e publiquei um livro sobre intercâmbio em Londres. Quer conhecer o mundo? Eu te levo!