A infraestrutura de Orlando é uma de suas maiores qualidades, pois a cidade faz com que qualquer pessoa se sinta bem recebida.

Contudo, se tem algo que faz falta por lá é a eficiência do transporte público, o que torna praticamente impossível andar de ônibus com malas de viagem.

É por isso que o aluguel de carros em Orlando é tão importante para você se sentir bem e seguro.

A cidade abriga diversas locadoras de carros, o que facilita a sua escolha justamente pela alta quantidade de opções disponíveis.

Por outro lado, talvez não seja tão prático alugar um carro, o que demanda tempo e muita boa vontade para compreender as nuances disso tudo.

Para saber se vale a pena o aluguel de carro em Orlando, preparamos este guia completo com todas as informações que você precisa saber.

Assim viajar com segurança e tranquilidade vai ser muito mais fácil. Confira!

A estrutura das ruas de Orlando é para carros e não para pedestres

A cidade de Orlando fica em cima de um gigantesco terreno pantanoso, o qual foi explorado para parques de diversões por Walt Disney, quando ninguém mais acreditava que ali teria potencial para entretenimento.

Com o passar dos anos, a cidade cresceu e evoluiu de forma quase inacreditável.

De uma pequena cidade de interior no estado da Flórida, nos Estados Unidos, se tornou um dos destinos mais procurados do mundo.

Não é à-toa, então, que esse cenário de realização de sonhos pareça tão paradisíaco: ele foi construído para ser assim e tem sucesso todos os dias.

Mas é um sonho com algumas poucas regras e uma delas é a necessidade de você alugar um carro.

A estrutura das ruas de Orlando é feita para andar de carro.

Ruas largas, bem asfaltadas, com quarteirões extensos as dividindo e a distância considerável entre um pouco e outro, torna a necessidade de um carro algo recorrente, sobretudo para os turistas que querem curtir Orlando e suas cidades vizinhas.

Para você ter ideia, entre os parques da Disney e os da Universal estão 25 km.

Uma quilometragem considerável para ser feita a pé, e o transporte público não ajuda. Como não há muitas linhas, os ônibus dão voltas gigantescas.

carros em rodovia flórida
Créditos: formulanone (Flickr)

Quais são as melhores opções para aluguel de carro em Orlando?

Há diversas empresas para aluguel de carro em Orlando.

Muitas delas nem sequer chegam a entrar em qualquer podium porque seus serviços e produtos são ruins.

Existem variáveis, por exemplo, que merecem ser colocadas em sua pesquisa, pois é possível que uma empresa ofereça algo que a outra não tem, e por aí vai.

O importante é você encontrar todas as suas necessidades em um carro com o melhor preço de aluguel.

Existem empresas, por exemplo, que oferecem um aparelho de GPS, outras cobram por isso.

Algumas permitem que você tenha descontos ou até mesmo acesso gratuito aos estacionamentos de certos parques, enquanto tantas oferecem passagem livre em pedágios.

Ainda existem os planos de combustível, que podem incluir tanque cheio na retirada ou um convênio com postos para você ser cobrado com desconto.

Alguns casos, inclusive, conseguem até mesmo permitir que você tenha um upgrade de categoria de carro na hora de retirá-lo.

Por outro lado, muitas opções não permitem que você tenha acesso a tais vantagens, mas tentam empurrar carros mais baratos e nem sempre com a manutenção em dia.

É por isso que você precisa conhecer as empresas de aluguel de carro que mais oferecem vantagens e, desta forma, transformam a viagem da maioria dos turistas em algo ainda mais especial: Rent Cars e Rental Cars.

Como funcionam os detalhes do seguro de aluguel de carro em Orlando?

O seguro de um carro é fundamental para você conseguir viajar por Orlando e outras cidades da Flórida com calma de que qualquer incidente ou acidente possa ser resolvido.

Aliás, fazer um seguro é, como os mais velhos dizem, justamente para não precisar dele.

Por isso é preciso compreender como cada seguro funciona e, também, saber que cada locadora inclui de formas diferentes em seus carros as categorias possíveis.

Muitas locadoras utilizam nomenclaturas próprias para designar as categorias de seguros de um carro, mas geralmente eles são encontrados com nomes parecidos, como os da lista abaixo.

Seguro PEP (Personal Effects Protection): é o mais completo, oferecendo a cobertura de danos, roubos e batidas, além de cobrir furtos às bagagens.

Seguro PAI (Personal Accident Insurence): além de tudo o que os demais abaixo oferecem, também inclui cobertura para despesas médicas.

Seguro ALI (Additional Liabillity Insurance): inclui o que os demais abaixo oferecem, além de seguro a terceiros também.

Seguro CDW (Collision Damage Waiver): oferece cobertura a danos e colisões.

Seguro LDW (Loss Damage Waiver): cobre danos, colisões, roubos e vandalismo.

Não deixe para a última hora e fique de olho em todas as taxas

Este é um detalhe que muita gente ignora por saber que Orlando conta com muitas empresas para alugar carro.

Não pense que a demanda faz com que o produto fique mais barato, neste caso, se você deixar para a última hora.

Faça a sua pesquisa com pelo menos dois meses de antecedência, e alugue o seu veículo em, no máximo, um mês antes de viajar.

Se puder fazer antes, faça.

Alugar um carro em cima da hora ou quando já estiver nos Estados Unidos pode ser uma cilada: os preços poderão ser de duas a três vezes o valor que você pesquisou pela internet.

Utilize os comparadores Rental Cars ou Rent Cars e faça suas estimativas de preço.

Veja um exemplo abaixo:

pesquisador de preços

Como funciona o aluguel de carro: documentação e combustível

O aluguel de um carro é muito simples: você precisa ter uma CNH válida com mais de seis meses (não é lei nem aqui e nem na Flórida, mas ainda assim algumas locadoras exigem isso).

Apesar de adolescentes com 16 anos já poderem dirigir nos Estados Unidos, o aluguel de um carro só pode ser feito a partir da maioridade local: 21 anos.

Algumas locadoras, além disso, impõem uma taxa adicional a quem tiver menos de 25 anos – talvez enxerguem nesse público risco maior.

Outro fator primordial para alugar um carro em Orlando é que você precisa ter um cartão de crédito internacional habilitado, pois servirá como uma espécie de cheque calção.

Por isso, o limite precisa ser acima de USD 500,00.

Tendo esses fatores em dia, tudo o que você precisa fazer é pesquisar a melhor opção para o seu perfil, agendar o aluguel, fornecer os dados necessários à locadora, garantir a reserva e, quando chegar em seu destino, retirá-lo.

E o combustível? Existem duas formas comuns utilizadas na oferta do tanque do carro ao cliente.

A primeira é que você retira o carro com o tanque cheio e o devolve com tanque cheio também.

Outra opção, você retira o automóvel cheio de combustível e pode devolvê-lo com apenas a reserva do tanque, fechando o acordo com a locadora como se pagasse pelo litro que eles cobram.

Qual é o melhor estilo de carro para eu alugar em Orlando?

Agora que você já sabe como alugar um carro em Orlando, que tal escolher o melhor veículo para a sua viagem?

As locadoras costumam oferecer 6 tipos de carros, os quais comportam praticamente todas as necessidades dos diferentes perfis de viajantes.

Os carros que se enquadram como Economy, são os pequenos e compactos que servem para uma ou duas pessoas.

A categoria Compact, inclui carros ainda pequenos, mas geralmente sedãs, o que proporciona um porta-malas maior.

Quando a categoria vai para o Midsize, é comum que você encontre um Corolla ou Civic, o que para o padrão dos americanos não é um carro grande, e sim o do meio.

Já a Fullsize enquadra carros grandes, como os sedãs Charger ou Malibu.

Maiores ainda são as minivans, que podem acomodar diversas bagagens ou até mesmo 7 pessoas.

Por fim, os SUVs americanos, grandalhões ou compactos, como a Santa Fe ou a Tucson.

Como você pode ver, há diferentes categorias de automóveis para se alugar.

Ao alugar um carro, não opte pelo modelo, e sim por seu segmento, pois a locadora vai te oferecer, na retirada, o veículo que se enquadrar na categoria que você quer, e não necessariamente o modelo que você gostaria.

trânsito na flórida
Créditos: Comiccreator24 (Flickr)

Aprenda com os detalhes: da inspeção veicular ao GPS

Com tantas informações em mãos, há alguns detalhes que você precisa estar ciente na retirada de seu carro quando chegar em Orlando.

Antes de retirar seu carro da locadora, faça uma inspeção no veículo.

Veja sua carroceria e possíveis amassados, pois caso eles já estejam lá e você não notificar o avaliador que estiver contigo na hora, é bem capaz de ser cobrado por algo que não fez na devolução.

Outro detalhe é que, como você sabe, algumas oferecem o aparelho de GPS, mas quase todas cobram por isso.

Veja se você realmente quer o aparelho, pois é comum que o valor seja em torno de USD 50,00.

Lembre-se de que o seu celular pode ter um aplicativo, como Waze, Google Maps e Here, sendo esses últimos capazes de te fornecer mapas offline, que ficam gravados quando você fizer a pesquisa com internet para quando já não estiver conectado (se não souber como, temos um guia sobre chips de internet em Orlando).

Evite erros e multas ao andar com as crianças no carro

Da mesma forma que é lei no Brasil, no estado da Flórida as crianças também precisam sentar em cadeirinhas, de acordo com a idade delas, que lá são chamadas de seat booster.

As crianças até 5 anos precisam de uma espécie de proteção, então é necessário informar a locadora na qual pretende encontrar seu veículo e verificar quais são os procedimentos dela em relação a isso.

A partir dos 6 anos já não é necessário.

Além da segurança que você precisa proporcionar às crianças, talvez por alguma outra razão você esteja à mercê de levar uma multa.

Um dos principais fatores, como sempre, é o limite de velocidade. A diferença é que em Orlando ele existe tanto para a velocidade máxima quanto mínima.

Na estrada, você encontrará as máximas e mínimas de 55 e 70 mph (milhas por hora). Nas ruas da cidade, de 20 a 30 mph.

Caso leve uma multa, em alguns casos a locadora pagará para você, porque o carro está no nome dela, e debitará do valor calção que deixou por conta de seu cartão de crédito.

Em outros casos o policial poderá cobrar na hora, então é recomendável que ande sempre com dinheiro.

sixt rent cars
Créditos: Visit Orlando

Vale a Pena Alugar Carro em Orlando?

Não só vale a pena alugar carro em Orlando, como se faz necessário.

Como explicamos aqui, a distância entre o seu hotel os parques/pontos de compras, pode ser muito grande e o transporte público não deve ser considerado.

Uma alternativa seria o Uber, mas também pode sair caro, dependendo dos locais que você queira visitar – como o parque Busch Gardens, que fica na cidade de Tampa (cerca de 130 km de distância).

Dependendo de como você montou o seu roteiro, acho essencial o aluguel de veículos.

Recomendamos que você faça sua cotação através dos parceiros (Rental Cars e Rent Cars), que possuem diversas empresas conveniadas e facilitam MUITO sua pesquisa.

Fique de olho em outras dicas para aproveitar sua viagem.

Author

Sou apaixonado por turismo e cinema, crítico de cinema e publiquei um livro sobre intercâmbio em Londres. Quer conhecer o mundo? Eu te levo!